MORADORES RECLAMAM A FALTA D’ÁGUA

 Prefeito onde participou de uma reunião mobilizada pelos moradores
para chamar atenção da Caern para o problema da falta de água constante no
bairro. A Ilha de Santana hoje é uma das áreas que mais cresce no município com
a expansão imobiliária.

A reunião coordenada pela moradora Zaíra Oliveira
aconteceu na quadra de esportes da comunidade e contou também com as presenças
do vice-prefeito e Secretário de Gestão e Serviços Einstein Barbosa, das
secretárias de Saúde e Desenvolvimento Social, Elizabeth Carrasco e
Edineide Aurino, ex prefeito Afonso Lemos
O ponto comum do debate
foi a necessidade da construção de um reservatório de água e a substituição da
tubulação da adutora que abastece a localidade. “Essa reunião é o ponta pé de
uma batalha, não vamos esmorecer e nem desistir de luta pela água”, destacou
Zaíra Oliveira, chamando atenção para a importância da união da classe política
para a solução do problema.
O prefeito Kerginaldo
Pinto disse que já tinha conhecimento do problema e que desde que assumiu a
prefeitura em 2013 já participou de reuniões com a Caern e a Funasa com
objetivo de discutir parcerias para solucionar e questão. “Existe um projeto na
Caern desde a gestão de Rosalba, inclusive foi contemplado pelo PAC 2 do
governo federal, mas infelizmente não saiu do papel por ingerência do governo
estadual. Estou aqui para me somar a vocês nessa luta pelo bem maior que é água”,
disse o prefeito, lembrando que a prefeitura abastece a comunidade com carros
pipas e para isso paga a companhia de águas pelo consumo.

No encontro ficou acertado queseria criada uma comissão de moradores
para acompanhar o desenrolar das providencias dos governos municipal e estadual
em relação a falta de água. Uma audiência será solicitada pelo prefeito
Kerginaldo Pinto com a direção da Caern em Natal para tratar do assunto. Ainda
ficou acordado que caso não avance as negociações não está descartado o
fechamento da Ponte Macau/Ilha de Santana pelos moradores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *