MEU PRIMEIRO “DIA DOS PAIS” SEM (SEU JOÃO, MEU AMOR)


A vida passou num instante, e quando pude perceber,
havia perdido você

A dor da saudade, que sinto, é muito grande,
você é tão presente na memória, ainda agora parece que vou vê-lo chegar.
Lembro-me tão
claramente do seu rosto alegre, das brincadeiras…
Sua
vida será exemplo por muitas gerações, ainda quero ser um pouquinho pelo menos,
como você
Tudo
é tão triste, suas últimas palavras ditas a mim ,indescritível
Mas
o que ficará guardado para sempre em mim são os teus conselhos, sua sabedoria,
pai
Quando
fico triste, lembro-me de você alegre, os maiores problemas tornavam-se
ínfimos perante a sua alegria, havia sempre um sorriso no seu rosto reduzindo o
maior dos problemas a nada

E como me pediu para que seguisse seus bons
exemplos, então entre lágrimas, consigo sorrir
E
em meu coração digo baixinho: Pai eu te amarei para sempre…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *