MAL ASSOMBRO – HABEAS CORPUS NEGADO AO PRESIDENTE DA CÂMARA DE ASSU

O Pedido de Habeas Corpus do Ex-Presidente da Câmara do
Município de Assu, Odelmo de moura Rodrigues, foi negado em unanimidade pela
Câmara Criminal do Tribunal de Justiça na manhã de hoje. O acórdão foi
encaminhado ao Setor de Publicação conforme consta no site do Tribunal de
Justiça do estado do Rio Grande do Norte (Processo n°2012.013517-3).

Odelmo de Moura Rodrigues foi preso durante a Operação Mal
Assombro, promovida pelo Ministério Público Estadual e Polícia Civil no final
de mês de maio, acusado de liderar uma quadrilha de pistoleiros no Município de
Assu.

Um deputado estadual do Rio Grande do Norte era alvo da
quadrilha de pistoleiros liderada pelo então presidente da Câmara. De acordo
com informações da Polícia Civil, a quadrilha cometia assassinatos por motivos
diversos, que vão desde brigas pessoais até possíveis disputas econômicas e
políticas. Porém, nos últimos anos, também foram executados pistoleiros que
pertenciam ao próprio grupo, com o objetivo de “queima de arquivo”.

Representantes do Ministério Público Estadual, do Poder
Judiciário e da Polícia Civil passaram a sofrer intimidações e ameaças em razão
das investigações de crimes de pistolagem no município de Assu. A
Procuradoria-Geral de Justiça informou que os Promotores de Justiça da Região
vão contar com o apoio de toda a estrutura do Grupo de Atuação Especial de Combate
ao Crime Organizado (GAECO, como forma de garantir a continuidade à apuração
dos crimes e reforçar a atuação do Ministério Público.

*Fonte: MP/RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *