MACAU GANHA PLUVIÔMETRO ANALÓGICO

 Defesa Civil de Macau/RN – COMPDEC, composta por Cledemilson Félix
(coordenador), Camilo Vinícius (setor técnico) e João Oliveira (setor
operacional), instala um pluviômetro analógico na sede da Guarda Municipal
deste município. O objetivo desta ação é quantificar a chuva que cai durante o
ano todo e manter um banco de dados atualizado e disponível para a sociedade e
as instituições governamentais ligadas à Defesa Civil, como a Defesa Civil
Nacional e Estadual, a Emparn, Semarh entre outros. De acordo com o setor
técnico da Compdec, “a pluviometria (medição da quantidade de chuva), contribui
para o entendimento dos fenômenos climáticos regionais e de eventos como secas,
enchentes, inundações e alagamentos. É fundamental para planejarmos nossas
atividades e prevenirmos e situações de risco e eventos adversos. Sendo assim,
é muito importante que saibamos o quanto chove”. O Pluviômetro Para medirmos o
volume de chuva, usamos um equipamento chamado pluviômetro. É um instrumento
simples e de operação fácil, o qual armazena a água da chuva e permite que se
quantifique o total precipitado por unidade de área em um determinado tempo.
Tradicionalmente, a medição é feita em milímetros. A quantidade de chuva que
cai é recolhida pelo pluviômetro e repassada a um recipiente de vidro/plástico
chamado proveta, que é marcado com linhas que definem diretamente uma
determinada altura (nível). O nível da água na proveta corresponde a um volume
de chuva Todos os dias serão realizadas as leituras do pluviômetro, essas
leituras são anotadas em uma caderneta específica. A Defesa Civil de Macau
agradece a todos que contribuíram para a instalação do equipamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *