GOVERNO ROSALBA TEM TRÊS IRMÃOS NO PRIMEIRO ESCALÃO

A gestão “Rosalba Ciarlini” ou “Família Rosado”? Essa é a
pergunta que boa parte das pessoas que soube da notícia de que Carlos Augusto
Rosado assumiu o Gabinete Civil do Estado se fez na manhã de hoje. Isso porque
ele é o terceiro integrante da família a assumir um cargo no primeiro escalão
da administração estadual. O marido de Rosalba passa agora a ser companheiro
dos irmãos, Betinho Rosado, que é secretário de Agricultura, e Isaura Rosado,
que administra a pasta da Cultura. Vale ressaltar que, juridicamente, a
nomeação de familiares para cargos no primeiro escalão não caracteriza
nepotismo.

No entanto, essas nomeações de Rosalba chamam a atenção não só
pelo fato de ter colocado a família do marido (incluindo o
próprio)
em três das 21 secretarias da Administração Direta do Estado. A governadora
também colocou alguns casais na gestão estadual. Kátia Maria Cardoso Pinto, por
exemplo, é secretária de Infraestrutura e mulher de Yuri Tasso, presidente da
Caern nomeado por Rosalba. Alber Nóbrega, atualmente secretário de
Administração, é marido da secretária particular de Rosalba, Fátima Moreira.
Carlos Augusto Rosado é o terceiro a ocupar o Gabinete Civil do
Governo do Estado em 22 meses de gestão Democrata. Antes dele e de Anselmo
Carvalho, sentou na cadeira o advogado Paulo de Tarso Fernandes. A saída dele,
porém, se deu em paralelo ao rompimento da governadora com Robinson Faria,
vice-governador do Rio Grande do Norte, menos de um ano após assumir o cargo.
Por sinal, na época, o próprio Paulo de Tarso Fernandes admitiu que Carlos
Augusto Rosado era quem governava o Estado do terraço da residência oficial.

ANSELMO CARVALHO

Com a chegada de Carlos Augusto Rosado ao Gabinete Civil do
Estado, o então secretário-chefe Anselmo Carvalho foi remanejado para o cargo
de controlador-geral do Estado. Ele vai substituir na pasta Francisco de Melo e
ocupará seu terceiro cargo no primeiro escalação da gestão Rosalba Ciarlini. No
início da administração DEM, foi secretário estadual de Administração.

Fonte:
Tulio Lemos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *