GOVERNO PROPÕE DE SALÁRIO DE R$ 670, 95

Brasília (AE) – O governo enviou ontem ao Congresso Nacional a proposta orçamentária para 2013, prevendo um crescimento de 4,5% para a economia – abaixo dos 5,5% inicialmente previstos – e um reajuste de 7,9% para o salário mínimo, que passará a ser de R$ 670,95. Ao todo, o Orçamento da União para o próximo ano é de R$ 2,140 trilhões. O reajuste do salário mínimo previsto na proposta orçamentária terá um impacto de R$ 15,08 bilhões nas contas do governo no próximo ano. A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, informou que os aposentados que ganham acima do mínimo terão seus benefícios reajustados em 5%, a variação estimada para o INPC em 2012. A previsão de déficit da Previdência Social para 2013 é de R$ 34,2 bilhões.
A ministra disse ainda que o impacto do reajuste dos salários dos funcionários públicos do Poder Executivo será de R$ 8,9 bilhões em 2013. Incluindo o que será gasto com os servidores do Legislativo, Judiciário e Ministério Público da União, a conta sobe para R$ 10,3 bilhões. Depois de meses de paralisações que prejudicaram o abastecimento de remédios, aeroportos, universidades entre outras áreas, Miriam destacou que o acordo fechado para reajustar o salário dos servidores foi fruto “de um dos maiores processos de negociação do mundo”.
Miriam Belchior informou ainda que os projetos de lei relativos a reajustes salariais de servidores serão entregues ao Congresso nesta sexta-feira.

Mais na Tribuna do Norte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *