FORÇA TAREFA COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI EM GUAMARÉ

 Prefeitura
de Guamaré através da Secretaria Municipal de Saúde montou uma Força tarefa
composta pela Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil e Coordenação
de Endemias, com ações mitigatórias de combate ao mosquito Aedes aegypti, para
juntos construírem ações que eliminem os prováveis criadouros do mosquito.
Hoje, 26/01/2016, foram iniciadas a ações com os Agentes de
Endemias, no conjunto Vila Maria, seguindo as diretrizes do Plano de
combate a Dengue, Chikungunya e Zika Vírus, do Ministério da Saúde.
Esta
ação tem como objetivo entrar em todos os imóveis para identificação e
eliminação de possíveis criadouros do mosquito, inspecionar os terrenos baldios
identificando os pontos mais críticos e notificando os proprietários, para que
seja feita a devida limpeza. Também orientar os moradores quanto a medidas a
serem tomadas para evitar a proliferação do vetor.
A
equipe agradece a todos os moradores e reitera a necessidade da vigilância no
seu imóvel, reservando pelo menos 15 minutos por semana para fazer uma inspeção
geral, verificando caixas d’água, cisternas, tonéis, pequenos reservatórios e
quintais.
O
perigo é alto, para reduzir o risco contamos com a ajuda de todos. Faça a sua
parte, colabore com todos e consigo. Seja participativo para o bem de toda
comunidade.
ORIENTAÇÕES:
1º)
Vede as caixas d´água, incluindo também os sangradouros que deverão ser telados
ou protegidos com um pedaço de pano que esteja disponível no domicílio.
2º)
Reservatórios para água do tipo: tambores, tanques, potes e similares devem ser
lavados a cada 5 dias, escovando as bordas e área interna, para destruir os
ovos dos mosquitos Aedes aegypti.
3º)
Atenção proprietários de terrenos baldios, mantenham-nos limpos e cercados.
4º)
A auto medicação é perigosa, em caso de doença, procure o atendimento médico.
5º)
Não jogar lixo nem óleo nas coleções de águas naturais. Exemplos: lagos,
charcos, manguezal, etc.
6º)
Mantenha sua casa e sua rua limpa, lixo tem que ser depositado em reservatório
seco e somente disponibiliza-lo na rua no dia da coleta.
7º)
Caixas d’água e cisternas devem ser limpas a cada seis meses.
8º)
Preserve o meio ambiente, siga as orientações dos agentes e Servidores
Públicos. 

O mosquito Aedes aegypti continua o mesmo, mas doenças são outras. Dengue, Zika
Vírus e Febre do Chikungunya. O perigo aumentou e a responsabilidade de todos
também.

9º)
Seja um cidadão ativo, vede seus depósitos de armazenamento de água e não der
abrigo ao mosquito Aedes aegypti. 

Em caso de dúvidas, por gentileza ligar para a Coordenação de Endemias – Fone
3525-2607.

10º)
A prevenção é sua melhor ação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *